Blue chips: por que não podem faltar na sua carteira?

engrenagem com indústrias blue chips de fundo, cujas ações são interessantes para qualquer investidor.

Você conhece ações de blue chips? Descubra o que elas são, quais as principais e por que tê-las na carteira.

Fala, meu caro! Você sabe o que são ações de blue chips? Ainda que você não conheça por esse nome, com certeza, você conhece alguma.

Neste texto, eu vou te dizer o que são ações de blue chip. E mais: vou apresentar duas das principais, como opções para compor a sua carteira. Mas, antes de tudo, uma pergunta, você procura estabilidade nos seus investimentos?

Vem comigo para descobrir o principal motivo de se ter ações de blue chip na carteira.

O que são blue chips?

As ações de blue chips são aquelas que possuem maior valor de mercado na Bolsa de Valores. Por isso, são geralmente de grandes corporações já consolidadas, uma vez que atuam há bastante tempo, tem lucro consistente e tendem a crescer mais.

Elas nem sempre são conhecidas por esse nome, que vem dos jogos de azar — como o pôquer —, em que as fichas azuis eram as mais valiosas. No entanto, não é difícil reconhecer uma blue chip.

Sabe aquela empresa bem conhecida e que está entre as mais negociadas na B3? Aquela companhia estável financeiramente e muito famosa na sua área de atuação? Sem dúvida, ela é uma blue chip.

Não há uma lista de empresas blue chips, mas basta observar aquelas com maior valor de mercado. Além disso, tradição, bom governo corporativo e reputação no mercado financeiro também são aspectos levados em conta na hora de reconhecer uma.

Quais são as principais ações de blue chips da bolsa?

As blue chips, que compõem o setor industrial, também se encaixam no grupo high quality — isto é, apresentam excelentes indicadores. Dentre as diversas ações blue chips existem ainda aquelas principais.

Mesmo que índices possam apontar situações momentâneas favoráveis ou desfavoráveis, o meio mais eficaz é conhecer a empresa à qual você vai se associar. Não só os seus fundamentos, mas também os seus resultados.

Em outras palavras, qual retorno essa companhia poderá te oferecer baseado no que ela já produziu e distribuiu até hoje?

AMBEV – ABEV3

A Ambev é uma empresa brasileira fabricante de bebidas. Mas não só isso, é uma das maiores fabricantes de cervejas do mundo e a 14ª maior empresa do país, em receita líquida. Ela pertence ao grupo Anheuser-Busch InBev e tem o controle de quase 70% do mercado brasileiro de cerveja.

Além disso, atua na fabricação, distribuição e comercialização de cervejas, refrigerantes e outras bebidas não alcoólicas, como sucos e chás.

Ela nasceu da fusão entre duas concorrentes: a Companhia Antarctica Paulista e a Companhia Cervejaria Brahma, do Rio de Janeiro, em 1999. É uma empresa de capital aberto, cuja sede fica em São Paulo, mas tem operações em 18 países das Américas.

A Ambev tem um portfólio de marcas fortes e diversificadas. São mais de 200 marcas de bebidas, entre elas: Budweiser, Stella Artois, Brahma, Pepsi, H2OH! e muitas outras. Nesse sentido, segue na liderança no seu ramo de atuação — uma dos pontos que faz da companhia uma blue chip.

Por fim, a empresa também se destaca na boa relação com os acionistas. O que reflete na remuneração que oferece a eles por meio dos dividendos. Essas características também contam na hora de considerar uma empresa como blue chip.

WEG – WEGE3

A WEG é uma multinacional brasileira, uma das maiores fabricantes de equipamentos elétricos do mundo. Ela foi fundada em 1961 e tem a sua sede em Jaraguá do Sul, no estado de Santa Catarina.

Sua produção inicial resumia-se em motores elétricos. Iniciou as suas atividades no mercado internacional exportando seus produtos para alguns países da América Latina. E abriu seu capital na Bovespa em 1971.

A partir da década de 80, a WEG ampliou suas atividades com a produção de componentes eletroeletrônicos, produtos para automação industrial, transformadores de força e distribuição, tintas líquidas e em pó e vernizes eletroisolantes.

A empresa conta com 14 parques fabris, no Brasil, e 9 no exterior. Além disso, são 22 filiais e diversos representantes em mais de 100 países. Em dezembro de 2014, a WEG comprou 100% da Katt, fabricante alemã de motores elétricos. Ademais, em 2016, no mesmo mês, anunciou a aquisição do controle da TGM, fabricante brasileiro de turbinas e transmissões.

A empresa inclui ainda setores como siderúrgica, papel e celulose, petróleo e gás, infraestrutura e outros. E mesmo em condições adversas de mercado, como na pandemia, a WEG registrou crescimento, o que favorece também seus acionistas. Ela distribui consecutivamente dividendos desde 1996.

O principal motivo de se ter ações de blue chips

Blue chips são indústrias consolidadas

É provável que você já esteja se perguntando qual é a grande vantagem das blue chips. É a seguinte: investir em blue chips te dará estabilidade.

Há outros motivos como o pagamento de bons dividendos, mas a estabilidade é o principal. Como você já viu, são empresas que se destacam no ramo em que atuam e já estão consolidadas no mercado. Sendo assim, elas têm menos chances de sofrer com impactos em sua cotação.

Além disso, não precisam mais de tantos investimentos para crescer, como as empresas pequenas. O lucro é grande e as dívidas são menores, o que faz com que as blue chips apresentem um risco menor, garantindo estabilidade aos acionistas.

Ainda que a sua precificação seja um pouco maior, a grande estabilidade vale a pena. Se você está começando agora, sem dúvida, procura essa segurança. E as empresas consideradas blue chips são extremamente seguras.

Ademais, não há dificuldade em comprar tais ações, uma vez que o seu volume de negociações na Bolsa é alto.

Se você procura um investimento com menos riscos de perder o seu dinheiro, as blue chips são uma ótima opção, pois já resistiram a variações e períodos de volatilidade e tendem a permanecer estáveis.

E se você quer cada vez mais autonomia para investir, faça parte do nosso Grupo de Verdade. Nele você terá acesso a mais conteúdos, além de receber materiais exclusivos da metodologia que eu uso na hora de investir.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se em nossa newsletter

Fique por dentro de todas as novidades! Coloque seu e-mail abaixo para receber as atualizações do blog.

Deixe seu melhor e-mail abaixo para participar: