Como funcionam os investimentos?

Dinheiro planta como funcionam investimentos

Fala, meu caro! Hoje você vai entender exatamente como os investimentos funcionam: o que é verdade, o que é mito, o que dá resultado, o que traz segurança. E ainda: como usá-los da melhor forma. 

O meu intuito é trazer clareza a respeito do assunto, a fim de que você saiba como “se proteger” na hora de investir. E, claro, como obter um bom resultado. 

Para isso vou partir do conceito de investimento, passar pelos seus principais elementos e aprofundá-los. Assim, você terá uma base teórica sólida antes de avançar nesse processo. 

Quer começar a investir, mas ainda não se sente seguro? Vem comigo que eu vou te ajudar a entender como os investimentos funcionam.

Como funcionam os investimentos: o que eles são?

Investimento é fazer um aporte, alocar um dinheiro em um ativo de valor, que tende a crescer com o passar do tempo gerando um retorno. Ou seja, com o passar do tempo, esse aporte (investimento) que você fez se transforma em um montante maior. E, de grão em grão, a galinha enche o papo.

Perceba que há três elementos simples e diretos:

 – Aporte, que é o dinheiro investido;
Ativo de valor, que é o investimento no qual você coloca o seu dinheiro;
Tempo, que é o período de espera pelo retorno.

Está começando agora? Descubra quais são os 3 melhores investimentos para iniciantes.

Existe ainda um quarto elemento, a renda passiva. Isto é quanto o seu capital aumenta com base nos rendimentos do que foi investido. Mas isso sem a necessidade do seu tempo e esforço direcionados àquilo, como se dá em um trabalho, por exemplo. 

O próprio processo de alocar um aporte em um ativo de valor, após um tempo, gera esse ganho. 

Como obter renda passiva?

A renda passiva pode vir de duas maneiras:

– pela valorização dos ativos, ou seja: se eu compro uma ação por R$ 100,00 e, depois de um mês, ela passa a valer R$ 110,00, tenho uma renda passiva de R$ 10,00 – eu ganho esse valor.

Quer saber como eu faria meu primeiro investimento? Eu conto aqui: o que fazer com 1000 reais?

– por meio de proventos: neste caso você recebe, em um determinado momento, uma parte, um montante de capital que você obteve direito ao comprar determinado ativo. 

Na segunda maneira citada acima, acontece o seguinte: assim que compra uma ação de uma empresa, você passa a ter o direito de receber parte do seu lucro. Logo, quando ela distribui esse lucro aos acionistas, você recebe parte dele. Se a empresa distribui um real por ação, esse valor cairá na sua conta mesmo que não haja valorização dos ativos. 

O mesmo ocorre com o fundo de investimento imobiliário: você compra o direito de receber o aluguel de alguns imóveis. Mesmo que a cota de tal fundo não se valorize, você receberá parte do aluguel ao longo dos meses – o que é também uma renda passiva. 

Essa é, portanto, a primeira grande função dos investimentos, gerar renda passiva. É a premissa de como tudo funciona.

Agora, daremos o próximo passo: o reinvestimento. Investir, inclusive a renda passiva, a fim de superar o ganho anterior. Como isso se dá? 

Efeito bola de neve

bola de neve como funcionam investimentos
Reinvestir causa um efeito que chamamos de bola de neve.

É bem simples. No seu próximo aporte, você investe mais um montante. Ou seja, agora além do ativo de valor render o que você investiu, também vai render o que você já acumulou. 

Você fica com duas entradas: o seu próprio aporte – fruto do seu trabalho, da sua atividade principal – e mais o reinvestimento de tudo aquilo que você já tinha antes, inclusive da renda passiva. 

O que eu quero mostrar é que nas rodadas seguintes, conforme o tempo vai passando, o aumento é exponencial. Independentemente da taxa de retorno, o efeito é o mesmo, cresce com o tempo e o aumento do capital. 

Isso é o que chamamos de efeito bola de neve – a segunda grande função dos investimentos

O efeito é assim chamado justamente por uma analogia com uma bola de neve: quanto maior ela for, mais neve se agrega a ela. Pois seu perímetro aumenta e, com ele, a área de contato com o solo. Quanto maior ela é, mais rápido cresce. 

Não cometa os 3 maiores erros do investidor iniciante.

E é exatamente isso que acontece com os investimentos – quando você reinveste a renda passiva, os rendimentos vão crescendo cada vez mais, exponencialmente, como a bola de neve. 

Como funcionam os investimentos: Multiplicação de patrimônio

Quando você recebe a renda passiva e a reinveste, você multiplica o seu patrimônio por meio do efeito bola de neve – que são os famosos juros compostos. 

Cada vez mais os juros vão atuar. São como os juros de um banco: quanto maior a sua dívida e mais tempo você permanecer devendo, maior ela fica. Mas aqui você joga com os juros compostos a seu favor.

Se sempre que receber renda passiva, você reinvestir, então o montante sobre o qual os juros compostos agem será sempre maior. Isso garante um crescimento exponencial do investimento ao longo do tempo. Percebe como você virou o jogo contra o banco? 

Como reinvestir?

Reinvestir por meio da valorização nada mais é do que não vender a sua renda passiva: você tem uma ação de R$ 100,00 que foi para R$ 110,00 e você não a vende. Se ela é mantida lá, você já está reinvestindo. Da mesma forma com os proventos, se eu tenho uma ação de R$ 100,00 e recebi R$ 1,00 dela, vou juntar esse valor com o de outras e comprar mais ações.

Assim, a multiplicação do seu patrimônio, acontece quando você reinveste a sua renda passiva – derivada tanto da valorização dos ativos como dos proventos.

Vamos trabalhar em cima do aporte, do valor e do tempo, a fim de conseguir uma geração cada vez maior de renda passiva e, como resultado, a multiplicação do seu patrimônio ao longo do tempo. 

As duas coisas andam juntas: cada vez que você reinveste a renda passiva, mais rapidamente seu patrimônio aumenta. Por outro lado, quanto mais ele cresce, maior é a renda passiva recebida – esse é o efeito bola de neve.

Quer saber mais sobre investimentos? Faça parte do nosso Grupo de Verdade. Tenha acesso a conteúdos novos toda semana!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se em nossa newsletter

Fique por dentro de todas as novidades! Coloque seu e-mail abaixo para receber as atualizações do blog.

Deixe seu melhor e-mail abaixo para participar: