Taxa de Corretagem: O que é e como é cobrada?

porcentagem taxa de corretagem

Saiba o que é a taxa de corretagem. Descubra como ela é cobrada e como essa taxa pode afetar seus investimentos.

Fala, meu caro! Se você está começando a investir, deve estar procurando as menores taxas para não sofrer tanto impacto na sua rentabilidade, acertei? 

Hoje vou explicar a você uma das principais taxas de investimentos, a taxa de corretagem. Para que ela serve, de que maneira é cobrada e o que você pode fazer para escolher a menor cobrança: tudo isso você vai conferir neste texto.

Então, se você quer ter segurança para investir, vem comigo e saiba como fazer para que essa taxa não tenha tanto impacto nos seus lucros.

O que é a Taxa de Corretagem?

A taxa de corretagem é uma das principais taxas de investimentos, pois é o custo cobrado pela corretora para realizar o processo de compra e venda das ações e fundos imobiliários na bolsa de valores. 

Ou seja, toda vez que você, investidor, compra ou vende uma ação, precisa pagar por essa operação, que é feita por intermédio da corretora. Lembra que eu disse que é um serviço que ela presta? Sendo assim, ela cobra por isso.

Como a Taxa de Corretagem é cobrada?

Já vimos que a cada negociação de compra ou venda o cliente precisa pagar uma taxa. Mas ela não é sempre a mesma. Isso porque as corretoras são livres para definir as suas próprias regras e cobrar os valores que lhes forem convenientes. 

Algumas corretoras já adotaram a taxa de corretagem zero, ou seja, você não paga por compra e venda de ações. O investidor opera quantas vezes quiser sem se preocupar com os custos disso. 

No entanto, em geral, a cobrança da corretagem pode acontecer de três maneiras: 

Fixa

Como o próprio nome sugere, o custo é fixo, ou seja, independentemente do valor da transação, a taxa é a mesma. Somente varia de corretora para corretora. 

É bastante comum nas instituições que oferecem o Home Broker – plataforma onde o próprio investidor analisa gráficos, acompanha o desempenho do mercado e envia ordens de compra e venda. 

Então se você comprar R$ 100 em ações de uma empresa e R$ 1000 de outra, pagará a mesma quantia para cada operação. 

Aliás, quer saber como eu investiria meus primeiros 1000 reais em ações?

Existem ainda instituições que oferecem descontos em operações maiores ou até pacotes mensais com direito a uma certa quantidade de operações. 

Variável

Nesse caso, a cobrança é feita de acordo com o valor da operação, uma porcentagem do seu montante irá para a corretora. Logo, quanto maior a transação, maior o custo dessa taxa. 

Pode parecer interessante para valores pequenos, mas de forma alguma é viável para operações maiores, uma vez que o custo da taxa será proporcional ao seu ganho. 

Mista ou híbrida

Aqui a corretora cobra um valor fixo e também um percentual sobre o valor total da operação.  

Tanto a taxa mista como a variável são mais comuns em investimentos negociados por telefone ou via mesa de operações, onde o investidor conversa com um operador em vez de enviar uma ordem pelo home broker.

Cuidado, você pode estar perdendo dinheiro nos seus investimentos.

taxa de corretagem calculadora
Algumas corretoras cobram para cada compra e venda de ações. Essa é a taxa de corretagem.

Qual é a diferença entre Taxa de Corretagem e Taxa de Custódia? 

É importante conhecer a função de cada taxa, pois isso é algo que influencia na sua rentabilidade.

A taxa de corretagem é diferente da de custódia. Esta última quem cobra é a B3 (Bolsa de Valores), com o fim de manter os seus ativos em carteira, é um valor que você, como investidor, paga, para que os seus investimentos fiquem armazenados.

Já a de corretagem, como já foi dito, é um valor cobrado para cada operação de compra e venda na bolsa. Também varia de uma corretora para outra.

Lembrando que o custo ou a isenção da taxa de ambas depende de cada corretora. Fique atento a isso, para escolher sempre o que menos afetará os seus negócios.

Como escolher a menor Taxa de Corretagem?

Vimos acima que as corretoras têm liberdade para estabelecer suas regras e taxas, isso significa que esse custo pode variar bastante de uma para outra. E, claro, por menor que ele seja, ainda terá um efeito sobre a sua rentabilidade. 

Esta é a resposta que você encontraria em qualquer blog de investimento. Ou seja, esta não é a minha resposta:

Na hora de escolher, você deve analisar – além das taxas – todas as opções, considerando o seu perfil de investidor: os tipos de investimentos que você faz, o volume das suas negociações, as funcionalidades do aplicativo, as ferramentas disponíveis para ajudar nas transações etc. Assim, você irá perceber que nem sempre aquela que oferece taxa zero, por exemplo, será a melhor opção para você. Não somente as cobranças, mas também os serviços oferecidos precisam te beneficiar. 

Agora a minha sugestão, o que eu ensino aos meus alunos e é fundamento da Metodologia de Verdade: aprenda a investir com autonomia, não dependa de serviços adicionais que as corretoras oferecem.

Por isso eu sempre recomendo procurar corretoras com taxa zero!

Como escolher as melhores corretoras sem taxa de corretagem

Resumindo, essa a taxa de corretagem é a taxa que a corretora cobra por operação de compra e venda que você faz.

Pagar essa taxa só faz sentido se você usar algum serviço adicional da instituição. Mas não é isso que eu ensino na Metodologia de Verdade.

Ao contrário, eu te ensino a ser o pior cliente da sua corretora.

Quer saber escolher uma corretora de taxa zero e que ainda assim seja de qualidade? Confira aqui: Como escolher a melhor Corretora de Valores.

Quer saber mais sobre investimentos? Faça parte do nosso Grupo de Verdade. Tenha acesso a conteúdos novos toda semana!

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se em nossa newsletter

Fique por dentro de todas as novidades! Coloque seu e-mail abaixo para receber as atualizações do blog.

Deixe seu melhor e-mail abaixo para participar: