3 aulas para aprender a investir por conta própria com segurança

00
Dias
00
Horas
00
Min
00
Seg

ARTIGOS

Pesquisar
Close this search box.

Investimentos melhores que o CDB

Você investe em CDBs? Neste artigo, você vai entender por que não investir neles e quais investimentos são melhores que o CDB.

Fala, meu caro! Você tem dinheiro guardado e pensa em investir em CDBs? Hoje você vai entender o que é o CDB e por que procurar investimentos melhores que ele. Neste artigo, vou te apresentar 3 investimentos melhores que o CDB para atender os seus objetivos de curto, médio ou longo prazo. Além disso, você vai descobrir as 3 características básicas de todo investimento. Vamos lá?

O que é CDB?

O CDB, que significa Certificado de Depósito Bancário, é conhecido como um investimento de renda fixa. Ele está presente na maioria dos bancos, pois é um título de crédito. Nesse sentido, é como emprestar dinheiro para alguém com o intuito de ganhar com juros. Mas, nesse caso, esse “alguém” é o banco. A instituição precisa de dinheiro para manter as suas atividades de crédito, como os empréstimos. Então, por meio de CDBs, os bancos captam recursos emprestando o dinheiro dos investidores, que recebem em troca uma certa remuneração, que são os juros.

Dessa forma, a rentabilidade do CDB são os juros pagos pelo banco. Esse investimento é bastante conhecido e, por estar disponível nos bancos, acaba sendo uma opção comum para quem quer transferir o dinheiro guardado para algo mais rentável. No entanto, ele não é a melhor opção para investir e você vai entender o porquê.

Por que procurar investimentos melhores que o CDB?

Em primeiro lugar, qualquer investimento possui três componentes básicos. São eles: a liquidez, a rentabilidade e a segurança — aqui entra também a previsibilidade. Tais características variam de acordo com o investimento. Quando se fala em liquidez é a facilidade em movimentar o dinheiro investido. Na segurança considera-se o nível de risco ao investir em determinado ativo. E por rentabilidade entende-se quanto o dinheiro vai render ao longo do tempo.

dinheiro e tempo, investimentos melhores que o CDB.

Sendo assim, a CDB de liquidez diária, por exemplo, pode até oferecer uma rentabilidade boa — 100% do CDI (a taxa básica de juros) ou até mais. No entanto, não é um investimento seguro, mas de alto risco. Emprestar dinheiro para o banco pode parecer seguro, mas não é. Ele pode ter problemas de caixa ou falir e você perder o que investiu, uma vez que ele já terá usado o dinheiro para cobrir seus serviços de crédito.

Quem pensa em investir em algo para usufruir no médio prazo precisa de previsibilidade. Os bancos oferecem o CDB de 4 anos ou mais, ele paga um pouco mais que o de liquidez diária, sua rentabilidade não é tão ruim e a sua liquidez também não. No entanto, o que fica evidente mais uma vez é a falta de segurança. A maioria dos bancos que oferecem uma rentabilidade um pouco maior nesse investimento — o que acaba atraindo algumas pessoas — não costumam ser conhecidos. Ninguém ouve falar deles. Assim, se a instituição vai à falência, a chance de você perder tudo o que investiu é bem maior.

Dessa forma, quanto mais alta a promessa de rentabilidade oferecida pelo CBD (122% do CDI, por exemplo), maior é o risco que você corre. Com o CDB de 7 anos ou mais é a mesma coisa, ainda que a rentabilidade pareça atrativa, não é um investimento seguro. E também não é o suficiente para multiplicar o seu patrimônio ao longo do tempo. Ainda que liquidez, rentabilidade e segurança não apareçam na mesma medida em todos os investimentos, a segurança é o mais importante. E, sem dúvida, é algo que nenhum CDB oferece.

Investimentos melhores do que o CDB

Depois de entender por que procurar investimentos melhores que o CDB, talvez você se pergunte então qual é o melhor investimento, a aplicação ideal. A verdade é que nenhum investimento vai oferecer ao mesmo tempo boa liquidez, alta rentabilidade e muita segurança. Por isso, você não vai procurar pelo melhor investimento apenas, e sim buscar o melhor investimento para o seu objetivo.

Existem investimentos com a mesma liquidez, boa rentabilidade e maior segurança que o CDB. Vamos conhecê-los!

Curto Prazo

Se o seu objetivo é o curto prazo, você vai montar uma reserva de emergência, por exemplo, o componente básico do investimento de que você mais precisa, nesse caso, é a liquidez. Pois uma reserva serve justamente para poder ser retirada a qualquer momento. Nunca se sabe quando uma emergência pode acontecer, então, você precisa de um investimento com alta liquidez, isto é, que te permita mexer naquele dinheiro a qualquer momento.

investimentos melhores que o CDB, mão colocando moeda no cofrinho.

Para isso, o investimento ideal é o Tesouro Selic 2026. Ele é um título do tesouro nacional e está, portanto, assegurado justamente pelo tesouro nacional, ou seja, o caixa do governo. Sendo assim, o risco dele é praticamente inexistente. Os títulos nacionais sempre serão o investimento mais seguro do país. E você tem alta liquidez, muita segurança e uma rentabilidade boa, quase igual a dos CDBs acima.

Saiba por que o Tesouro Selic é um dos melhores investimentos de renda fixa.

Médio Prazo

Há também o investimento a médio prazo. Você não quer uma reserva de emergência, mas também não quer algo para a aposentadoria. O que você procura é um bom dinheiro para retirar dentro de alguns anos — 5 ou 6 anos, talvez. Nesse caso, você não precisa de um investimento com liquidez tão alta quanto o de um curto prazo. Sem dúvida, a liquidez deve ser boa também, contudo o foco é a previsibilidade — que entra no componente da segurança.

Com certeza, o que você mais precisa é ter uma noção de quanto o seu dinheiro vai render em determinado período. Sendo assim, um investimento que oferece a mesma liquidez que os CDBs citados, uma rentabilidade ainda maior e — o mais importante aqui — uma segurança extremamente elevada é o Tesouro IPCA + 2009. É outro título do tesouro e rende a inflação toda do período mais uma taxa fixa.

Conheça o Tesouro IPCA+, um dos ativos mais seguros do país, e saiba como investir nele.

Longo Prazo

O que, de fato, impacta nos seus investimentos é o longo prazo. Os investimentos de curto e médio prazo tem a sua importância, sem dúvida. Mas se o seu objetivo é multiplicar o seu patrimônio e conquistar tranquilidade financeira, gerando renda passiva, por exemplo, o segredo é o longo prazo. Quando você busca algo assim, pode abrir mão da liquidez e, dessa forma, você consegue mais rentabilidade.

Saiba como funcionam as ações.

As ações e os FIIs, no longo prazo, superam qualquer investimento, com alta rentabilidade e muita segurança. Apesar da baixa liquidez, ela não é o seu foco nesse caso. Por meio das ações, você se torna sócio de empresas e passa a receber parte do seu lucro, de acordo com a quantidade de ações adquiridas. Ao adquirir FIIs, os Fundos de Investimentos Imobiliários, você pode receber todo mês parte dos aluguéis dos melhores imóveis do país. Não existe nada que gere mais retorno do que investir em ativos reais — como as empresas e os imóveis. Mas sempre a longo prazo; no curto prazo, esses ativos variam muito.

Conheça os melhores fundos imobiliários.

Se você quer saber mais sobre investir de verdade, entre para o nosso Grupo de Verdade para ter acesso a materiais gratuitos sobre investimentos toda semana.

Matheus Nogueira
Matheus Nogueira

Mais artigos sobre Ações

Posts mais lidos

Newsletter

Junte-se a milhares de investidores de verdade e fique por dentro de todas as novidades! Coloque seu e-mail abaixo para receber as atualizações do blog.

Deixe seu melhor e-mail abaixo para participar: